8 de mai de 2012

Novamente, ACORDE SOLENE

Paz!

Passei alguns dias (leia-se: muitos!), a rapidez que passam os dias será minha desculpa não postar my replexões, porém achei um tempo nesta noite sem sono para refletir sobre dois fatos muito marcantes para minha simples life cristã: No inicio do último final de semana tive a noticia que o maestro Flávio Torres chegou a Recife e já se recupera em sua casa. No domingo à noite, para fechar, o vocal de nossa igreja (Ass. de Deus em Pau Amarelo I) trouxe à memoria grandes músicas que marcaram uma caminha da de 25 anos de louvor, entre elas: "Cicatrizes", "Não Sei Porque Jesus me Ama", "Eu Sou", "Shalon" e a mais linda de todas, a eterna "Por Que Nasci?" (Já postei sobre esta música).

Entretanto, enquanto assistia o vocal cantar  lembrei do Acorde Solene (também já postei sobre este coral), que este ano faria também 25 anos! ainda não me curei da ferida que é não ouvir mais seus solenes acordes (o trocadilho é proposital).

Figuem com Deus.

2 comentários:

Lisânia Lima disse...

É Adriano ... um vazio enorme sentido por todos quem um dia fizeram parte deste coral. Foram anos marcantes, também em minha vida, pois me ajudaram a crescer espiritualmente e pessoalmente.
É dificil, hoje, estar do outro lado da bancada e ver o "nosso" lugar "vazio".

Adiano Coutinho disse...

Verdade!! tive este sentimente quando estive em Paratibe II. Mas estou orando ainda quero ver o Acorde Solene louvando a Deus!